Home / Depoimentos / Jovem, que ficou rico consertando iPhones, pode ser desafio para Apple

Jovem, que ficou rico consertando iPhones, pode ser desafio para Apple

0909_iphone_mat

Justin Wetherill é presidente de uma empresa de conserto de smartphones. (Foto: Jim Carchidi).

Segundo a Bloomberg BusinessWeek, Wetherill afirma que é muito melhor ter o celular reparado por US$ 100, do que comprar um novo. E parece que os consumidores concordam com ele, sendo que no último trimestre a Apple vendeu 31,2 milhões de smartphones – 17% menos do que o trimestre anterior.

Nesse cenário, restauradores como Wetherill representam um desafio para a Apple, que planeja lançar um novo aparelho na próxima terça-feira (10), pois permitem que os consumidores passem mais algum tempo com os seus velhos iPhones antes de sair comprando outro.

Atualizações Para o analista da Enders Analysis, Benedict Evans, os donos de smartphones cansaram de gastar dinheiro a cada dois anos. “Há menos diferenças entre um smartphone novo e um com um par de anos, então as pessoas sentem uma necessidade menor de atualização”, afirma.

Na tentativa de reverter essa situação, a Apple iniciou, no fim do mês passado, um programa de trocas de iPhones, aceitando aparelhos antigos em troca de crédito para a compra de um novo smartphone.

logo infomoney

InfoMoney – seg, 9 de set de 2013 

 

Veja Mais

Reparo de Placas da Linha Branca com o VRS-565 Turbo – Eficiência a toda prova

A URSO BRANCO REFRIGERAÇÃO e  a URSO BRANCO ELETRÔNICA são duas empresas  irmãs instaladas na …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *